quinta-feira, 11 de agosto de 2011

A Dança das Varinhas em Harry Potter

Varrinhas de Harry Potter no Olivaras

Com o lançamento do último filme da franquia Harry Potter no cinema, muitas duvidas têm surgido sobre as varinhas da série, principalmente sobre a Varinha das Varinhas, o que tem atraído muitos visitantes aqui no blog. No livro ocorre um verdadeiro troca-troca de varinhas com muitas saindo quebradas ou perdidas, o que não é mostrado no filme. Por isso resolvi fazer uma postagem contando que houve com as varinhas do principais personagens da série.

Só pra ficar claro, uma varinha pode pertencer a um bruxo basicamente de duas formas, sendo escolhido por ela ou lhe conquistando em uma luta.

Harry quebra a sua varinha quando fugia do ataque de Naguini em Godric’s Hollows,  por causa de um feitiço de Hermione que ricocheteia. Sem varinha ele passa a usar a da amiga quando precisava, até que Rony traz um varinha varinha que conseguiu enquanto fugia de seus sequestradores, mas essa não funcionava bem com ele pois não lhe pertencia.

Harry Potter e Olivaras

A Varinha das Varinhas, ou Varinha Anciã, como todos sabem, é a mais poderosa de todas e veem acumulando mais poder ao longo dos séculos enquanto passa de mão em mão. Cada dono compartilha uma parte de sua magia e com a varinha e a Varinha das Varinhas já passou por mãos muito poderosas. Seu primeiro dono foi Peverel, um dos bruxos mais poderosos de sua época e depois disso, segundo os livros, pouca coisa se sabe sobre seus donos, mas é possível perceber um padrão sangrento por onde ela passa.

Os últimos donos da Varinha foram o fabricante de varinhas Gregorovitch, que usava ela de modelo para as varinhas que fabricava, depois ela foi roubada por Greindelwald que a usou para realizar realizar atrocidades, ao estilo Voldemort, até ser derrotado por Dumbledore, que passou a possuir o artefato. Na noite da morte de Dumbledore, Draco Malfoy o desarmou e a lealdade da varinha passou a lhe pertencer, mas a varinha foi enterrada junto com o diretor de Hogwarts.

Voldemort e a Varinha das Varinhas

Já na Mansão Malfoy, Harry desarma Draco de sua varinha original, passando a ser o detentor da valiosa varinha. Voldemort rouba a varinha do tumulo de Dumbledore, mas a varinha nunca lhe respondeu perfeitamente. Ele chega a matar Severo Snape pensando que ele seria o mestre da varinha. No confronto final entre Harry e Voldemort, Harry recupera a varinha. Uma coisa que difere o livro do filme é que no livro a Varinha das Varinhas nunca é destruída. Depois de usa-la para consertar a sua varinha original (coisa que não tinha conseguido fazer com outra varinha), Harry a guarda, mas não a usa mais.

Na Mansão Malfoy Hermione perde sua varinha durante a luta, mas acaba ganhando a lealdade da varinha de Belatrix apesar dela não gostar pois diz que a varinha está impregnada de magia negra…

Rony, no início da série tinha uma varinha que havia sido herdada de seu irmão mais velho, Percy, mas a quebrou quando bateu com o Ford Anglia voador de seu pai no Salgueiro Lutador, no início do segundo ano. Mesmo assim ele só ganha uma varinha nova pouco antes de seu terceiro ano em Hogwarts.

Olivaras

Voldemort ao perceber que sua varinha não funcionaria com Harry, que possuía uma varinha irmã da sua, sequestra o fabricante de varinhas Olivaras para obter orientação. Assim ele pega a varinha de Lucio Malfoy, mas essa é destruída por Harry, mesmo sem entender como, na perseguição aos Sete Potter. Depois disso ele fica sabendo pelo Olivaras da existência da Varinha da Varinha e vai atrás dela. Ele jamais desconfiou que o que o impedia de matar o Harry não era a varinha, mas uma ligação muito mais profunda.

0 comentários:

Postar um comentário